10 mandamento do preguiçoso

images (6)

Anúncios

Coisa certa no tempo errado é a coisa errada – ‘Eu disse adeus ao namoro’

13431451043731_f

Como fruta colhida ainda verde ou uma flor cortada antes de se abrir,as nossas tentativas de apressar o tempo de Deus podem estragar a beleza de Seu plano para a nossa vida.

Só porque algo é bom, não quer dizer que devemos buscá-lo neste exato momento.

Temos que nos lembrar que a coisa certa no tempo errado é a coisa errada

Joshua Harris

A intimidade sem compromisso desperta desejos – emocionais e físicos – que nenhum dos dois pode satisfazer se agirem corretamente.

A Bíblia chama isso de ‘defraudar’, em outras palavras, roubar alguém ao criar expectativas mas não satisfazendo o que foi prometido. Prometendo algo que não podemos ou não iremos cumprir.

Uma programação a dois tem a tendência de levar um rapaz e uma moça além da amizade e na direção do romance muito rapidamente. Independente se as pessoas estão conscientes disso ou não, o “programa” estimula expectativas românticas.

Ter intimidade sem compromisso é defraudar.

Intimidade sem compromisso, semelhante a cobertura sem o bolo, pode ser gostoso, mas no final passamos mal.

O namoro geralmente isola o casal de outros relacionamentos vitais. Quantas pessoas terminam seus namoros e encontram quebrados os seus laços de amizade com os outros.

A não ser que um homem esteja preparado para pedir a mão de uma mulher em casamento, que direito tem de requisitar a sua atenção exclusiva? A não ser que tenha sido pedida em casamento (aos Pais, discipuladores), porque uma mulher sensível dedicaria a qualquer homem a sua atenção exclusiva?

Deus tem inúmeras experiências maravilhosas que Ele quer nos dar, mas Ele também as determinou para épocas específicas para nossa vida. Na nossa limitação humana, frequentemente cometemos o erro de tirar uma coisa boa da sua época apropriada para aproveitá-la quando desejamos. Como uma fruta colhida ainda verde ou uma flor cortada antes de se abrir, as nossas tentativas de apressar o tempo de Deus pode estragar a beleza do Seu plano para nossa vida.

A intimidade é a recompensa do compromisso – eu não devo estar em uma situação que possa gerar expectativas de um relacionamento romântico antes de estar pronto para o casamento.

A intimidade ‘custa’ compromisso. Se eu não estiver preparado para pagar à vista, com o difícil “dinheiro” do compromisso, eu não tenho nada que “sair fazendo compras”, nem tampouco me “anunciando”.

Façamos um favor aos nossos futuros cônjuges e paremos de “sair para fazer compras”; nem deixemos que nos assediem.

Precisamos parar de agir como “caçadores”, ou de nos fazermos de “caça”. Precisamos eliminar toda espécie de flerte, de paquera, e temos que fugir de participar de “joguinhos”. Temos que redobrar a atenção para certificarmos que nada do que dizemos ou fazemos estejam provocando sentimentos ou expectativas inadequadas.

As moças principalmente, por favor estejam atentas de quão fácil suas ações, palavras e olhadelas podem despertar expectativas românticas e até luxúria no coração e mente de um rapaz. Talvez vocês não se dêem conta disso, mas nós rapazes na maioria das vezes lutamos com nossos olhos.

Às mulheres que assumem a responsabilidade de protegerem os olhos, mente e coração dos seus irmãos, meu muito obrigado.

“O casamento é um processo de refinamento. O conflito ocorrerá em todos os casamentos. Quando os problemas aparecerem entre vocês dois, será fácil de se culparem. “Se você deixasse o ar condicionado ligado quando está calor, eu não ficaria chateada!” O fato é que, seu cônjuge não fará você pecar. Ele simplesmente revelará o que está em seu coração. Um dos melhores presentes que Deus nos dará é um espelho grande chamado cônjuge. Se Ele colocasse um cartão nele, estaria escrito: “Isto é para que você descubra quem você realmente é. Parabéns!” (citação do livro ‘Love That Lasts’ de Gary e Betsy Ricucci).”

Mais uma dose? É claro!

 gato_frame_0007

Quando “a onda” passa tudo se revela novamente. A “rebordosa” aparece. E você retorna ao estado real.Poucas pessoas talvez estão fazendo a leitura correta de si mesmo, de sua realidade e muitas vezes virtualizando sua existência.Pode ser que a realidade te incomode, talvez seja dura ou até mesmo sem graça. No fundo estamos buscando o amor, a aceitação e a auto-afirmação.Muitas vezes estamos nos defendendo pelo ataque e prostituindo o nosso caráter. A alegria continua passageira persistindo junto com o vazio bem no interior da alma.Para manter esta “alegria” só resta mais uma dose. Mas para ser feliz não precisamos de drogas ou vícios, ou bebida, prostituição etc.

Com Jesus Cristo é possível encarar a realidade da vida e detonar os problemas.

Soberba da vida

Um pré-requisito para que Jesus possa nos guiar em ajuda é a humildade. Enquanto a soberba da vida ainda comandar, a luz não penetra. Somos humildes para perceber os erros? O filho prodigo encontrou a humildade depois de dissolutamente se entregar as “baladas” da vida. E a hora dele chegou. No meio dos porcos caiu em si. Essa hora vai chegar um dia.E quando chegar precisamos compreender que o “parceiro” de todos os dias tem que ser Jesus, que sabe de tudo e pode nos auxiliar em qualquer coisa.

Anestesiados

Se crer Nele sairá do caminho que está trilhando entorpecido. E não precisará mais de anestesia contra a realidade.Precisamos de Cristo. Ele tomou sobre si todas as nossas dores. O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele.Não importa o vício, o artifício, a fuga, a droga , as palavras, os pensamentos que esteja usando agora.Encare a sua realidade com Jesus. Ele pode te livrar disso.A onda de Jesus é eterna e cheia de vida. Busque a humildade e encontrará Jesus.

“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.”
Mat 11:29

Juventude para o Senhor

Holiness

O nosso inimigo diz:
“A juventude é para o prazer; a meia idade, para os negócios; e a velhice, para a religião”.

A Bíblia diz:
“A juventude, a meia idade e a velhice são para o seu Criador”.

No entanto, visto que é especialmente na juventude que somos mais inclinados (determinados?) a esquecer-nos de nosso Criador, é nestes anos que temos de labutar, especialmente, para lembrar-nos de nosso Criador (Ec 12.1).

Lembre que ele fez você, supre as suas necessidades, cuida de você, o assiste e o controla. Lembre também que ele pode salvá-lo. Há muito a ser lembrado, mas isso se torna mais fácil quando você começa a memorizar quando é jovem!

1. Anos de vigor

Entretanto, essa não é a única razão por que Deus nos ordena lembrar-nos do Criador nos anos de juventude. Ele nos manda isso porque a juventude são os anos de nosso maior vigor.
Por que devemos esperar até que estejamos morrendo, até que estejamos esgotados, até que nosso vigor esteja quase acabado para servirmos ao Criador? O Deus que nos criou merece nossos anos mais saudáveis e mais ativos: nosso corpo está forte e robusto, nossa mente é perspicaz e clara, nossos sensos são receptivos, aguçados e responsivos, nosso entusiasmo é brilhante e firme, nossa vontade é determinada e pertinaz. Lembre-se do Criador em seus anos vigorosos.

2. Anos de sensibilidade

Por que mais de nós se tornam cristãos durante a nossa juventude do que em nossa meia idade ou em nossa velhice? Porque os anos da juventude são anos de sensibilidade. Sem abandonarmos a nossa crença na “Depravação Total”, podemos dizer que é “mais fácil” arrepender-se e crer quando você é mais jovem. Nunca é fácil, mas é mais fácil. E é mais fácil porque, à medida que ficamos mais velhos, nosso coração fica mais endurecido, nossa consciência, mais cauterizada, nossos pecados, mais enraizados, e nosso estado de morte, mais grave.
Usemos nossa sensibilidade e receptividade juvenil para lembrar-nos de nosso Criador antes que cheguem os dias maus da indiferença insensível.

3. Anos de aprendizado

Aprendemos mais em nossa juventude do que em qualquer outro período da vida. Isso é verdadeiro em todos os assuntos, mas é especialmente verdadeiro na instrução religiosa. Todos os cristãos conhecidos meus que se converteram a Cristo nos anos tardios de sua vida expressam profunda tristeza a repeito de quão pouco eles sabem e quão pouco podem aprender em sua idade. Encorajo-os a valorizarem e usarem todo tempo que o Senhor lhes dá, mas eles sentem, muitas vezes, que têm de estudar duas vezes mais para aprenderem apenas a metade.

4. Anos de perigo

Os anos de juventude são anos cheios de campo minado: hormônios, pressão dos colegas, álcool, drogas, pornografia, imoralidade, testosterona, etc. Poucos atravessam esses anos sem explodir aqui e ali. Perigos são abundantes em todos os lados – e no lado de dentro. Quantas “primeiras” tentações se tornaram “últimas” tentações! Quanto precisamos de nosso Criador para guardar-nos e conduzir-nos através desse campo de batalha.

Lembre-se de lembrar

Gostaria de oferecer-lhe algumas dicas que o ajudarão a lembrar seu Criador durante estes melhores anos (e “piores” anos):
Convença-se de que você tem um Criador. Mantenha-se bem alicerçado num entendimento literal de Gênesis 1-2 e rejeite todas as influências evolucionárias.

Procure conhecer o seu Criador: estude sua Palavra, usando sermões, comentários e bons livros. Mas também estude sua Palavra usando microscópios, telescópios e outros instrumentos que ele dá.

Reúna-se com seus amigos do Criador: estabeleça amizades com outras criaturas que amam lembrar e respeitar o seu Criador.
Siga a ordem do seu Criador: ele estabeleceu e deu um padrão de seis dias de trabalho seguidos por um dia de descanso, para contemplação de suas obras.
Peça a salvação que seu Criador proveu: ainda que a sua rejeição de seu Criador tenha despedaçado sua vida, ele está disposto a recriar você à imagem dele.

E, enquanto falamos do assunto de salvação, não quero que os leitores mais velhos sintam-se desencorajados. Comparados com as eras da eternidade, vocês ainda estão em sua “juventude”.

Não é tarde demais para lembrarem-se dele, antes que os dias maus se aproximem cada vez mais.

Decepção

tumblr_m8i0f4RX2q1rd42cdo1_500

Como não viver decepcionado com a igreja e os irmãos.

A história de Jesus e do jovem rico retrata a frustração do rapaz, devido a uma expectativa prévia do seu coração, contrariada por Jesus:

A igreja é um local de relacionamentos e, portanto, de diferentes opiniões e pontos de vista. Por causa da ênfase nos relacionamentos, surgem muitas expectativas. E expectativa envolve motivação, paixão e desafios. O ajuste das diferenças mais expectativas erradas, eventualmente, acabam em insatisfação, murmuração e decepção.

“Certo homem importante lhe perguntou: ‘Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?’ ‘Por que você me chama bom?’, respondeu Jesus.’Não há ninguém que seja bom, a não ser somente Deus. Você conhece os mandamentos: Não adulterarás, não matarás, não furtarás, não darás falso testemunho, honra teu pai e tua mãe’. ‘A tudo isso tenho obedecido desde a adolescência’, disse ele. Ao ouvir isso, disse-lhe Jesus: ‘Falta-lhe ainda uma coisa. Venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro nos céus. Depois venha e siga-me’. Ouvindo isso, ele ficou triste, porque era muito rico.” Lucas 18.18-23

O jovem esperava de Jesus uma resposta que exaltaria e confirmaria a sua boa conduta e suas obras. Mas Jesus o surpreendeu pedindo que ele renunciasse ao que construíra durante toda sua vida. Nesse momento, descobriu-se a verdadeira intenção do jovem rico, que ficou decepcionado.

Isso mostra que podemos nos decepcionar mais facilmente do que imaginamos. Há três razões que certamente nos levarão a ficar decepcionados com a igreja:

1) Colocar muita expectativa nas pessoas e pouca no Senhor
Enquanto esperamos mais das pessoas do que de Deus, sempre corremos o risco de grandes decepções. Jesus não escolheu homens que nunca o desapontariam para serem seus discípulos. Ele escolheu quem se importavam com pessoas. Esse foi o convite de Jesus: “venham e vos farei pescadores de homens” (Mateus 4.19). O chamado nunca foi para uma vida cheia de bênçãos, mas sim para se doar por pessoas que iriam decepcioná-los a qualquer momento. As bênçãos são um mero complemento.

Através dessa passagem, Jesus nos ajuda a perceber que segui-lo, em primeiro lugar, é olhar para o próximo, e nunca para nós mesmos. Mas quando encaramos a igreja com uma mente consumista, um lugar aonde vamos para receber, então a decepção é algo certo – é apenas uma questão de tempo e oportunidade. Uma vida voltada para o próximo, sempre oferece mais possibilidades de decepção. O paradoxo é que ao obedecer ao mandamento de Jesus, de amar ao próximo como a nós mesmos, isto acaba produzindo em nós o antídoto contra a própria decepção. É que agora esperamos tudo de Jesus, e muito pouco das pessoas. Estamos fazendo a vontade do Senhor, e Ele mesmo suprirá todas as nossas necessidades.

Quando os nossos olhos estão focados em Jesus, as coisas deste mundo, e nossas expectativas, se tornam menos importantes e começamos a viver uma vida com propósito que traz realização. E o Senhor nunca nos desaponta.

2) Colocar nossas necessidades em primeiro lugar
Por vezes, necessitamos de cuidados e restauração, e não é errado esperar ter estas expectativas supridas. Mas quando isso se torna o centro da nossa vida cristã, instala-se a insatisfação contínua, e a decepção surge mesmo nas pequenas coisas. Isto acaba afetando a área mais sensível: os relacionamentos. Ninguém deixa a igreja como instituição, com seu modelo, ministérios e doutrina. As pessoas deixam as outras pessoas da igreja, deixam seus líderes.

Quando o único foco que espero da igreja é o que vão fazer por mim, a decepção é inevitável. Já ouvi muitos dizerem “Aqui não é uma igreja família? Então…”, e aí as pessoas se frustram e reclamam que não foram atendidas em suas egoístas necessidades. E igreja família não tem relação com a nossa família, mas com o corpo de Cristo – a família de Deus, onde cada um de nós tem suas responsabilidades e deveres.

As pessoas que focam em seus problemas, nunca estão satisfeitas, não importa o quanto sejam ajudadas. Elas geralmente vão de Célula em Célula, de igreja em igreja. Contam suas histórias, recebem ajuda, mas não se dispõem a servir e ajudar a outros que têm necessidades. Os eternos necessitados são os eternos decepcionados. Assim que tiver sua necessidade suprida, supra a de outra pessoa. Assim as bênçãos de Deus se multiplicarão sobre sua vida.

3) Alegria baseada nas circunstâncias e não no Espírito Santo
A decepção está diretamente conectada à falta de alegria. Uma das diversões do inimigo é tentar tornar nossa vida cristã um amontoado de rotinas legalistas, permeada de culpas e condenação: “Você não merece, não é bom o bastante, você não serve para isso”. Nossa mente se fixa no que não sabemos, não temos e não conseguimos. Na tentativa de realizar algo para Deus, colocamos nossa alegria em atividades e projetos, e não no relacionamento com o Senhor através do Espírito Santo. Por isso, os cristãos focam mais em atividades e ministérios (coisas que aparecem) do que em discipulado. Ao fazer isso, entramos na correria do dia a dia, ficamos tensos e nervosos. E como os resultados não saem como gostaríamos, vamos desanimando e, por fim, nos decepcionamos com as pessoas que achamos que deveriam nos ajudar e “não fazem nada”.

Alegria do Senhor – antídoto contra a decepção
Davi clama ao Senhor dizendo: “Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer.” Salmo 51.12

A obediência e a alegria estão totalmente conectadas. Elas são uma combinação incrível para não vivermos desapontados com a igreja e com as pessoas. Pois quando sabemos a vontade de Deus para nós, e a obedecemos, o resultado sempre será uma vida mais alegre e leve. Seu jugo é suave, seu fardo é leve. Tem muita coisa que fazemos que Deus não pediu, e o que Ele realmente deseja deixamos para depois, porque estamos muito ocupados.

Quando nossa intimidade com Deus está em ordem, paramos de focalizar em nós mesmos, nos outros e nas circunstâncias. Ficamos maravilhados com o que Ele fez, tem feito e vai fazer, primeiro em nós, e depois através de nós em favor de outros. A alegria do Senhor é a nossa força (Neemias 8.10). Confiar sempre no Senhor, e ousar viver em obediência à sua vontade, nos livra de ficarmos decepcionados.

“Os que olham para ele estão radiantes de alegria; seus rostos jamais mostrarão decepção.” Salmo 34.5 (NVI)

Pr .Cezar Rosaneli

Cezar Rosaneli, pr.

atenção ‘0’

Algo que eu percebo muito é a agarração entre meninos e meninas dentro da igreja.

tumblr_lcb2siahx71qa02gdo1_500

Uma vez eu vi um garoto chegar numa garota e abraça-lá, mas não foi um abraço comum,foi abraço amassado,pode até ser que antes de abraçar não tenha tido má intenção mas quando dá aquele abraço que o garoto pega na cintura e aperta a intenção muda, muitas coisas se passam na cabeça ( e no corpo também – rs) ,não que a pessoa seja maldosa mas é que a carne é assim mesmo,por isso devemos nos guardar, tomar cuidado para não pecar.

É muito difícil resistir o pecado, por isso eu vou dar algumas dicas para vocês:

  • Meninos – quando cumprimentar uma garota nunca pegue na cintura dela,pode ser que alguma vez ou outra você pegue sem querer,nesse caso não aperte e nem encoste muito o corpo,solte ela logo,não deixe que uma garota pegue em sua perna,não fique sozinho com ela em nenhum lugar, pois, o sangue sobe rápido e os desejos aumentam e muitas coisas se passam pela cabeça,você até chega a planejar uma situação para realizar tal pecado.
  • Meninas – não deixe que um garoto pegue na sua nuca,jamais deixe que ele te abrace e aperte,já vi muitas vezes garotas se “roçando” em outros ,se vocês soubessem o que isso causa num garoto e o que se passa na cabeça dele você nunca mais faria isso.
  • Côrtes – não importa se a pessoa é sua côrte ou não, isso deve ser prevenido, não estou dizendo que se você esta com alguém você não deva conversar, mas ,por exemplo, não saia sozinho com a pessoa, a carne e fraca, hora ou outra vão acabar pecado,não fique tão abraçado, nem encoste muito e NUNCA durma na mesma cama, por mais que seja uma soneca,porque vai despertar o desejo de deitar juntos e logo em seguida vem algo pior. Não prometa TUDO, a côrte é momento de orar e de conhecer a pessoa, pode ser que dê tudo certo, porem pode ser que tenha um fim, daí você acaba defraudando a pessoa e ambom saem machucados. Ahhhhh.. lembrando vocês não usam padrão do mundo como modelo para seu relacionamento, pode ser que acabe da mesma forma ! Se somos uma geração que não vive no padrão do mundo, não devemos namorar do padrão do mundo !!!

Seja sábio e tenha o coração com o desejo em agradar o Senhor.

Desculpe se ofendi ou constrangi você mas é que algo assim que acontece dentro da igreja não deve ficar oculto e deixar passar como se nada tivesse acontecendo, é algo sério, muita gente já se arrependeu por não ter negado certas coisas antes de acontecer algo pior.

Se realmente é um jovem ou adolescente em busca da santidade,em busca do espirito santo então irá seguir isso, é algo sério, não arrisque sua santidade, não arrisque a sua alma, guarde seu corpo.

1 Coríntios 6:19-20    “Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo.” 

I Tessalonicenses 5:23  “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso ESPÍRITO e ALMA e CORPO sejam conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”

Me desculpa se a igreja te machucou

img_3817

Em 2013 eu estava andando pelas ruas de Chicago fazendo evangelismo com alguns amigos em parceria com uma igreja local, quando comecei a conversar com uma senhora e perguntei se podia orar por ela. Muito atenciosa e simpática, ela disse que estava tudo em ordem. Mas eu senti de pedir perdão.

“Eu quero te pedir perdão em favor da igreja”, quando percebi, as palavras já tinham saído da minha boca.

Ela ficou surpresa.

“Sinto que você já frequentou uma igreja, mas que está muito ferida por causa alguns relacionamentos e também pelo controle, por isso acabou se desviando.”

Ela confirmou, adicionando que a rotina estava tão intensa que acabou sendo mais uma desculpa para deixar de ir aos cultos e se envolver. Naquele momento, percebi que alguma coisa mudou e que Deus estava trazendo restauração e paz.

Comecei a escrever esse artigo porque há algum tempo eu estou um pouco incomodado e cansado de ver tanta gente ferida em minha trajetória de vida. Se você não está nessa situação, com certeza conhece alguém que está. Então eu realmente gostaria de me desculpar em nome da igreja como alguém que simplesmente ama pessoas e que acredita que juntos podemos fazer a diferença em comunidade.

“Mas eu sou a Igreja. E eu tenho comunhão com Deus. E isso é tudo!”, você diria.

Você é sim a Igreja. Mas se de fato queremos crescer como corpo, precisamos perseverar para andar em unidade. E nem sempre isso é fácil.

Não estou dizendo que você é obrigado a voltar para o mesmo lugar de onde veio. Mas se você está buscando crescer, é preciso manter uma consistência. Desistir no meio de cada dificuldade ou crise não é andar por fé, mas pelas circunstâncias. E isso é completamente o oposto daquilo que cremos, certo?

“Mas você não sabe o que me fizeram!”, você diria.

O que o inimigo mais quer que você acredite é que não há mais esperança e te fazer sentir vitimado. Por isso mesmo você tem que se posicionar em fé. É responsabilidade sua de aceitar ou não a situação em que você se encontra. Lembre-se: o Espírito Santo habita dentro de você e te capacita a olhar para cada situação pelas lentes do Pai. Você não é um pobre coitado, vítima de alguém. Você é um mais que vencedor em Cristo Jesus!

Eu creio que você tem um chamado e que Deus te deu dons e talentos maravilhosos que precisam ser desenvolvidos para que a glória dEle seja manifesta através da sua vida! Eu creio que há um tesouro dentro de você que vai impactar muitas pessoas e fazer a diferença. Você tem um propósito incrível e Deus quer te levar muito além do que você jamais foi!

Então, por favor, me desculpa se a igreja te machucou. Eu realmente não queria que isso tivesse acontecido. Eu acho que ninguém teve a intenção real de fazer algum mal. Ainda porque Deus é amor e que nesse amor possamos crescer e desenvolver melhor os nossos relacionamentos, aprendendo a comunicar melhor o nosso coração seja com amigos, lideres ou liderados.

Que esse seja um tempo de começar de novo. E avançar!

– Gabriel dos Santos

O que fazer quando Deus reponde NÃO !?

Vamos e convenhamos: Não há muitas coisas piores do que ouvir um “Não”, quando o que mais você deseja é ouvir um estrondoso “Sim”. A tentativa de namoro, o resultado de um concurso, a entrevista para o trabalho que você imagina ser sua aposentadoria precoce, a oração por aquele assunto que tem te deixado acordado, ou acordada, quase a noite toda… Por aí vai. São tantas coisas para as quais a resposta menos esperada é um não. Mas o que fazer quando tudo o que tenho nas mãos são as letrinhas N-A-O e um til? E quando Deus responde Não?

quando Deus diz nao

A Bíblia é recheada de histórias em que Deus responde “Não”. Umas, claramente, outras nem tanto. Repare a história de José (apelidado “do Egito”), por exemplo – em Gênesis 37-50: Garoto bom, obediente, inteligente, em fim, o orgulho do pai. Por todas essas mesmas razões, seus irmãos o invejavam e acabaram por vender o rapaz como escravo. Posso, de longe, imaginar a frustração do menino. Frustração com os irmãos, frustração com o que a vida estava lhe trazendo… talvez, repito, talvez até frustração com Deus. Por quê? Por que Deus não o livrou daquela situação terrivelmente injusta? Do que lhe valera toda a lealdade a seu pai e toda a preocupação com os trastes dos seus irmãos? Do que lhe valera servir ao pai com integridade se agora estava sendo levado ao Egito como escravo? Por quê? José clamou, pediu livramento, mas Deus disse “Não”.

nao confundaVocê e eu conhecemos o fim da história de José (bem, se você não conhece corre lá e dá uma lidinha rápida). A gente sabe qual era o propósito de Deus em levar um jovem de qualidades invejáveis para a terra dos faraós. O propósito de Deus não estava só em José, não estava só na família de Jacó, não estava nos amáveis ursinhos carinhosos que José chamava de irmãos. Deus tinha um propósito para toda uma nação. Que coisa linda: Um propósito para toda uma nação! A gente sabe disso porque fomos lá na Bíblia e lemos. Mas onde é que eu vou para ler o propósito de Deus para a minha vida quando ele está me dizendo não? Na cartomante não é porque, primeiro, ela não sabe mesmo e, segundo, seria pecado fazer isso. O que fazer quando Deus responde “Não!”?

Não só José mas Jó, Paulo, Davi, Pedro, Abraão, Estevão e tantos outros nos deixaram alguns exemplos de como proceder nessas situações. É um procedimento simples. Não confunda simples com fácil, mas também não confunda difícil com impossível – aliás, impossível é uma palavra que não existe no vocabulário de Deus.nao

O procedimento é: Descansa no Senhor e espera nEle; Lance sobre Deus todas as suas ansiedades, Ele cuida de você.

“Persistir sempre, desistir jamais”. O que fazer quando Deus responde Não? Continue confiando. Se te parecer mais fácil falar, ou escrever, do que fazer é porque realmente é. Contudo, não é impossível – aliás, impossível é uma palavra que não existe no vocabulário de Deus. Uh – me parece que já ouvi isso antes…

Gui Candido

Flamm

Mantendo-se ligado a Deus

images (1) (1)

Quando o dia amanhece, a maioria das pessoas não busca a Deus, somente os seus próprios interesses. Sabendo disso, Jesus fez uma proposta muito especial para conceder-nos o privilégio de fazer parte do Seu reino de eterna felicidade. Sim! O reino do discernimento, da lucidez, do conhecimento, da sabedoria e da paz. Como obter esse reino? Como Deus deseja que eu me relacione com Ele? Que resultados positivos posso esperar? São perguntas que o estudo pretende responder.

01.  Quais os benefícios de buscar o reino de Deus?

“Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33).

COMENTÁRIO – Se eu buscar o reino de Deus em primeiro lugar, tudo que for realmente importante para minha vida me será dado.

02.  Qual o caminho para chegar a Deus?

“Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?   Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14:5 e 6).

COMENTÁRIO –  Jesus disse: “Eu sou o caminho”.

03.  O que devo pedir ao Senhor a cada manhã?

“Faze-me ouvir da tua benignidade pela manhã, pois em ti confio; faze-me saber o caminho que devo seguir, porque a ti elevo a minha alma.  Livra-me, ó Senhor, dos meus inimigos; porque em ti é que eu me refugio.  Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu Deus; guie-me o teu bom Espírito por terreno plano” (Salmo 143:8-10).

“Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1 João 1:9).

COMENTÁRIO – Perdão pelos meus pecados e que me ensine diariamente a fazer a Sua vontade.

04.  O que acontece quando oro a Deus?

“Quando todo o povo fora batizado, tendo sido Jesus também batizado, e estando ele a orar, o céu se abriu;  e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como uma pomba; e ouviu-se do céu esta voz: Tu és o meu Filho amado; em ti me comprazo” (Lucas 3:21 e 22).

COMENTÁRIO – O céu se abre para as providências divinas em minha vida, o Espírito Santo desce para me batizar e Deus me faz uma declaração de amor:  “Filho, Eu amo você”.

05.  Como devo orar?

“E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu a farei.  Se me amardes, guardareis os meus mandamentos” (João 14:13-15).

“Vós, porém, amados, edificando-vos na vossa fé santíssima, orando no Espírito Santo, guardai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna” (Judas 20,21).

“Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis” (Romanos 8:26).

COMENTÁRIO – Devo orar a Deus Pai, em nome de Jesus Cristo, disposto a ser obediente aos Seus mandamentos. Não devemos nos esquecer que o Espírito Santo é o nosso intercessor que opera junto ao nosso Salvador, Jesus Cristo. Assim, podemos orar também ao Espírito Santo.

06.  Qual o melhor momento para buscar o reino de Deus?

“Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois é a ti que oro.  Pela manhã ouves a minha voz, ó Senhor; pela manhã te apresento a minha oração, e vigio”  (Salmo 5:2 e 3).

COMENTÁRIO – Pela manhã, antes de qualquer atividade, para oferecer a Ele o melhor do meu tempo. Esse é o caminho para a intimidade com Deus. Começando o dia com o Criador, minha alegria é recuperada e o meu ânimo fortalecido para encarar o dia. Contudo, existem pessoas que trabalham toda a noite e dormem pela manhã. O que fazer? Não imagine tal pessoa que Deus a rejeitará, saiba que Ele pode ouvir as pessoas em qualquer momento. Se o seu dia começa às 12h ou às 16h, não se preocupe, o importante é buscar a Deus no momento em que você começa o seu dia.

07.  Como Deus gosta de ser adorado?

“Louvai ao Senhor! Cantai ao Senhor um cântico novo, e o seu louvor na assembléia dos santos!  Alegre-se Israel naquele que o fez; regozijem-se os filhos de Sião no seu Rei.  Louvem-lhe o nome com danças, cantem-lhe louvores com adufe e harpa.  Porque o Senhor se agrada do seu povo; ele adorna os mansos com a salvação.  Exultem de glória os santos, cantem de alegria nos seus leitos.  Estejam na sua garganta os altos louvores de Deus, e na sua mão espada de dois gumes” (Salmo 149:1-6).

COMENTÁRIO – Por meio do louvor. Através dele posso expressar gratidão, alegria pelo perdão e fé. Invocando a presença de Deus diariamente por meio do louvor e da gratidão, eu O agradarei e sentirei a alegria de pertencer ao Criador do Universo. A música é um excelente meio para louvar (elogiar) a Deus.

08.  Como ouvir a voz de Deus?

“Bem-aventurado aquele que lê e bem-aventurados os que ouvem as palavras desta profecia e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo” (Apocalipse 1:3).

“ Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade”( João 17:17).

“Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo” (Romanos 10:17).

COMENTÁRIO – O principal veículo para ouvir a voz de Deus é a Bíblia. Quando leio a Palavra, o Espírito Santo fala ao meu coração e revela-me a Sua vontade. Depois de orar e cantar, abro as Escrituras para receber a voz de Jesus.

09. O que Jesus deseja ensinar-me por meio da Bíblia?

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.  Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve” (Mateus 11:28-30).

“Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele” (Hebreus 10:38).

“E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim” (Mateus 10:38).

“Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito.  Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.  Isto vos mando: que vos ameis uns aos outros” (João 15:7,10,17).

COMENTÁRIO – Cristo deseja que eu aprenda a confiar inteiramente nEle, tornando-me manso e humilde. Ou seja, preciso encarar as grandes dificuldades da vida com coragem e perseverança, mantendo-me sempre no caminho certo.

10. Que nível alcanço quando busco o reino de Deus?

“Regozijai-vos sempre.  Orai sem cessar.  Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.  Não extingais o Espírito;   não desprezeis as profecias,  mas ponde tudo à prova. Retende o que é bom;   Abstende-vos de toda espécie de mal” (1 Tessalonicenses 5:16-22).

COMENTÁRIO – Apesar das provas, posso ter alegria pela certeza de que Deus está comigo. Devo estar sempre aberto à atuação do Espírito Santo em minha vida, atento às advertências das Escrituras, evitando tudo que não é bom e vivendo feliz com Deus.

11. Como Jesus apresenta-Se a cada novo dia? 

“Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas a favor das igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã” (Apocalipse 22:16).

“Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que converterem a muitos para a justiça, como as estrelas sempre e eternamente” (Daniel 12:3).

COMENTÁRIO – Como a Estrela da Manhã. Ele tem luz própria e brilha oferecendo-me luz e poder para que eu possa brilhar eternamente.

12. O que o Espírito Santo sente e faz por mim?  

“Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?” (Tiago 4:5).

“E a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Romanos 5:5).

COMENTÁRIO – O Espírito Santo deseja ser o único em meu coração. Isso porque Ele me ama e pretende derramar todo o Seu amor em meu coração a cada dia. Ele não quer dividir o nosso amor com as coisas ruins do mundo (Tiago 4:4).

13. Como posso contribuir com o Seu reino?

“Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação” (Tiago 5:16).

“Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que converterem a muitos para a justiça, como as estrelas sempre e eternamente” (Daniel 12:3).

COMENTÁRIO – O Senhor deseja que eu interceda por pessoas que precisam ser alcançadas pelo Evangelho e receber a cura divina.

14. Que promessa existe quando busco a Deus na primeira  hora de cada dia?

“Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes” (Jeremias 33:3).

“Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós” (Tiago 4:7).

COMENTÁRIO – Ele me garante a vitória completa em todas as áreas da vida.

15. O que eu posso dizer para Deus agora? 

“…Eis-me aqui para fazer, ó Deus,  a tua vontade…” (Hebreus 10:9)

Diferente, eu topo

5

Nos dias atuais, ser jovem não é fácil. Ser cristão, então, nem se fala. As pressões vêm de todos os lados, exigindo atitudes para ser aceito, para ser considerado moderno, para ser tido como “normal”. “Tem namorada?”, “Consegue ´pegar´ quantas em uma noite?”, “Vai à balada hoje? Nossa! Vai para aquela igreja de novo? Você não enjoa? Que chatice!”, “Vamos sair para tomar uma?”, “Já fez vestibular? Não?!”, “E aí, já arrumou emprego?”.
Quem não tem respostas para todas as perguntas, não usa roupa da moda e não se porta como o mundo deseja não pode fazer parte do grupo dos “normais”. Mas, peraí, quem disse que o jovem cristão quer e deve ser como os demais? A barulheira do mundo às vezes é tão ensurdecedora que nos faz esquecer do que almejamos para a vida. Não queremos fazer o que todo mundo faz. Não queremos ir aos lugares que os outros vão para nos sentir bem. Não precisamos de nada disso. Não nascemos para ser como os demais.
Só a certeza de que somos portadores de uma Verdade e de um amor transformador pode nos fazer jovens de destaque. O Senhor nos chama a cada dia para essa difícil missão de dar um testemunho diferente do que o mundo sugere. Ele nos chama a cada dia para um compromisso que o mundo não é capaz de oferecer ou de cumprir. Mas o desafio de florescer em um ambiente muitas vezes árido e insípido, não é para qualquer um, só para os corajosos.Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós, e tendes vencido o maligno.” (1 João 2.14.)

(Francis Rose)